Recomendações para os media

Informações que podem ajudar a prevenir a imitação do gesto suicidário:

  • Informar sem sensacionalismo
  • Não constar na página da frente/não estar num lugar de destaque
  • Não ter fotografias
  • Não haver repetição da notícia
  • Sem descrições detalhadas dos métodos de suicídio
  • Não referir nomes/características da pessoa que se suicidou
  • Sem citação da existência de cartas de despedida/sem reportar as cartas de despedida
  • Não mencionar em fóruns e websites
  • Não mencionar a existência de pactos suicídas
  • Não mencionar o local
  • Não mencionar suicídios ocorridos no mesmo lugar (hotspots)
  • Não mencionar a existência de grupos suicídas
  • Não falar de suicídios em série ou epidemia (contágio)
  • Ter atenção à linguagem utilizada, por ex.não usar os termos “cometeram um suicídio”, "um suicídio bem/mal sucedido"
  • Esclarecer os mitos sobre suicídio
  • Não dar nenhuma explicação simplista sobre o suicídio
  • Não reportar o suicídio como uma solução compreensível
  • Não glorificar o suicídio (heroísmo, romantismo)
  • Não dar atenção especial aos suicídios de celebridades
  • Não mencionar consequências positivas do suicídio
  • Reportar o suicídio sempre no contexto de doença mental
  • Referir os sinais de alerta
  • Não entrevistar parentes/pessoas em luto por suicídio
  • Referir a possibilidade deprevenção do suicídio
  • Descrever estratégias para ultrapassar uma crise
  • Referring to help in general
  • Dar informações sobre locais de ajuda
  • Dar informações sobre linhas telefónicas de ajuda
  • Dar informações sobre grupos de auto-ajuda
  • As orientações sobre o modo como os meios de comunicação noticiam suicídios devem incluir uma secção de notícias fictícias sobre comportamento suicida
  • As orientações sobre o modo como os meios de comunicação noticiam suicídios devem incluir uma secção sobre como noticiar comportamentos suicidas nos novos media
Prévention Dépression Luxembourg